terça-feira, 15 de agosto de 2017

CENTRO POP de Varginha oferta Atendimento em Grupo, por Psicólogo, para atendimento das Pessoas em Situação de Rua.

O Centro Pop é uma unidade pública de referência para o atendimento de pessoas adultas que utilizam as ruas como espaço de moradia e/ou sobrevivência. O local conta com salas para atendimento individual e coletivo dos usuários, oferecendo condições para guarda de seus pertences, higiene pessoal, alimentação e lavanderia.
Dentre os atendimentos especializados ofertados pela equipe do Centro Pop destaca-se o atendimento psicológico em pequenos grupos, desenvolvido pelo psicólogo Geovane Freire de Melo. O grupo é desenvolvido semanalmente através de acolhimento, reflexões e discussões tendo como fundamentos a Abordagem Humanista-Existencial. Cada grupo com duração de 01 hora e meia visa propiciar um ambiente onde são compartilhadas as experiências pessoais dos usuários na sua interação com a cidade, com a família e com as instituições nas quais estão inseridos ou necessitam ser inseridos e um dos focos é despertar a demanda dos usuários para romper com ciclo da dependência química e aceitar os diversos tratamentos disponíveis na rede parceira.
As histórias e depoimentos compartilhados surpreendem os profissionais e estagiários envolvidos, revelando que por detrás de toda a situação aparente, existe uma pessoa com potencial a ser desenvolvido.



*Fotos modificadas para preservar a identidade e o sigilo dos participantes.
**Os Psicólogos Roberto Gouveia e Geovane Melo com as estagiárias Carla Oliveira e Marcela Rosa durante um Grupo em andamento.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

PANFLETAGEM NO CENTRO DE VARGINHA MARCA OS 11 ANOS DA LEI MARIA DA PENHA

Em comemoração à sanção da Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340 de 07/08/2006) foi realizada uma blitz educativa promovida pela Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD) e do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM), em parceria com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), com utilização de faixa e distribuição de panfletos para a conscientização sobre a violência doméstica. A atividade foi realizada no semáforo da Praça Getúlio Vargas, no dia 07/08/2017 (segunda-feira), das 11:30 às 13:00 e das 16:30 às 18:00, envolvendo profissionais de diferentes áreas como Assistência Social, Saúde, Guarda Civil Municipal e representantes do Conselho da Mulher.

Conhecida principalmente pela proteção à mulher, a Lei Maria da Penha trata sobretudo de violência doméstica, intrafamiliar, ou seja, não é direcionada apenas para a proteção às mulheres, mas também para homens, assim como qualquer tipo de violência que ocorra entre pessoas residentes sob o mesmo teto. É Importante saber que violência doméstica não remete apenas à agressão física, mas engloba também violência psicológica, patrimonial, moral e sexual. 
  
A equipe do CREAS acredita que ações desta natureza são de extrema importância, ainda nos dias de hoje, quando se observa que mesmo com cada vez mais informações disponíveis as ocorrências infelizmente têm aumentado, mostrando que ainda há muito o que ser trabalhado em nossa sociedade.




Confira a reportagem feita pela equipe da TV Princesa sobre a ação: 

video


terça-feira, 18 de julho de 2017

CREAS EM PARCERIA COM CRAS IV REALIZA ATIVIDADE SOBRE OS DIREITOS DOS IDOSOS



No último dia 14 de julho a equipe do CREAS, representada pela assistente social Poliana Cruz Pereira Fonseca e o orientado social Adriano Sarto, realizou em parceria com os profissionais do CRAS IV uma atividade que contou com a participação de 32 pessoas residentes na região do Jardim Estrela e proximidades, em sua maioria idosos, com o tema "Proteção Social ao Idoso: Um direito garantido por Lei". Na ocasião de fechamento das atividades voltadas para o Dia Mundial de Combate à Violência Conta a Pessoa Idosa, comemorado no último dia 15 de junho, o evento teve como objetivo orientar em relação ao que preconiza o Estatuto do Idoso e estimular o protagonismo dos idosos na construção das soluções dos problemas enfrentados ou testemunhados por eles, conforme expuseram durante a atividade, a partir da qual foram convidados a pensar e propor coletivamente soluções possíveis para os problemas relatados. O grupo teve contribuições também de pessoas de outras faixas etárias, que contribuíram de forma significativa para o êxito do trabalho.





O MUNICÍPIO DE VARGINHA APRESENTA O PLANO MUNICIPAL DECENAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO A PARTIR DA REALIZAÇÃO DE UM SEMINÁRIO INTITULADO: "Política de Socioeducação: costurando a rede de atendimento ao adolescente em conflito com a lei”.

A Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD), através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), juntamente com o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDEDICA), realizaram na tarde do dia 11 de julho de 2017 o Seminário: "Política de Socioeducação: costurando a rede de atendimento ao adolescente em conflito com a lei”.

Na oportunidade foi lançado, oficialmente, o Plano Municipal Decenal de Atendimento Socioeducativo de Varginha/MG: 2017-2027, onde contamos com a brilhante palestra do Exmo. Procurador de Justiça do Estado do Paraná, Dr. Murillo José Digiácomo, que generosamente contribuiu com este momento e enriqueceu o debate ao compartilhar suas experiências e saberes.

O evento ocorreu no auditório do Grupo Unis Campus I e contou com a participação de 100 (cem) pessoas, dentre elas representes de diversas políticas públicas e sociais do município, além de autoridades e profissionais de municípios vizinhos, como Três Pontas, Três Corações, Elói Mendes, Nepomuceno, Machado e Alfenas.

De acordo com a equipe do CREAS, o evento nos motiva, ao sabermos que estamos no caminho certo, mas que ainda há muito que percorrer. Aproveitamos a oportunidade para agradecer a todos que estiveram conosco neste momento tão importante para a Política de Socioeducação do município de Varginha e, principalmente, a toda Comissão que esteve envolvida durante o processo de construção deste Plano no decorrer dos anos de 2016/2017. Mais uma etapa fora finalizada! Contudo, a partir de agora se inicia uma nova e árdua caminhada: a execução das metas propostas neste documento. Para tanto, será necessário o envolvimento e a participação de todos, para que as ações almejadas no Plano possam, de fato, ser concretizadas.



Da esquerda para direita: Aparecida Nêfagi Curi Rodrigues (Psicóloga do CREAS), Dr. Murillo José Digiácomo (Procurador de Justiça do Estado do Paraná), Viviane Capitani Ferreira (Coordenadora do CREAS), Poliana Cruz Pereira Fonseca (Assistente Social do CREAS), Maria Fernanda Thiago da Cunha (Assistente Social do CREAS), Geovane Freire de Melo (Psicólogo do CREAS), Cyntia Rodrigues Zatti (Assistente Técnica do CREAS), Tayrini Aparecida dos Santos Lima (Orientadora Social do CREAS).



Da esquerda para direita: Dr. Murillo José Digiácomo (Procurador de Justiça do Estado do Paraná) e o Sr. Francisco Graça de Moura (Secretário Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social de Varginha, MG).





Da esquerda para direita: Dr. Murillo José Digiácomo (Procurador de Justiça do Estado do Paraná) e Aparecida Nêfagi Curi Rodrigues (Psicóloga do CREAS).


Da esquerda para direita: Dra. Elyne Viviane Marcelo Loesh (Defensora Pública), Zacarias Piva (Presidente da Câmara Municipal de Vereadores), Sr. Francisco Graça de Moura (Secretário Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social de Varginha, MG), Viviane Capitani Ferreira (Coordenadora do CREAS) e Maria Fernanda Thiago da Cunha (Assistente Social do CREAS).

Confira aqui a reportagem feita pela TV Princesa sobre o evento:

video


sexta-feira, 19 de maio de 2017

CREAS, CRAS E CONSELHO TUTELAR REALIZAM AÇÃO DE CONSCIENTIZAÇÃO NO CENTRO DE VARGINHA - 18 DE MAIO

A data de 18 de Maio é um marco, mas as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes devem acontecer o ano todo e todos podemos contribuir. Com foco na conscientização e no alerta à população sobre um perigo que infelizmente ainda é realidade em nossa cidade, as equipes do CREAS, dos CRAS e do Conselho Tutelar foram às ruas para mobilizar motoristas e pedestres no centro da cidade e chamar atenção para a necessidade de se manter alerta no que se refere aos casos crescentes no primeiro quadrimestre de 2017. 
As ações foram concentradas em regiões de grande circulação e em horários de maior movimento, como os semáforos ao redor da Praça Getúlio Vargas, entre a Rua Dr. José de Resende Pinto e Avenida Rui Barbosa e Avenida Rui Barbosa com Avenida Rio Branco. Foi realizada panfletagem também no interior da agência central da Caixa Econômica Federal, para funcionários e pessoas que aguardavam atendimento. 
A TV Princesa realizou uma reportagem sobre o tema, em que as profissionais do CREAS e do Conselho Tutelar dão detalhes sobre o trabalho realizado em proteção às Crianças e Adolescente e de como a sociedade deve agir para que esses crimes deixem de acontecer. As profissionais alertam para o fato de que não só os crimes confirmados devem ser denunciados, mas é muito importante que qualquer indício ou suspeita também sejam denunciados, pois quanto antes as averiguações sejam feitas maior a eficácia da ação e proteção. Não se cale! Denuncie!

Confira o vídeo abaixo e uma fotografia feita durante a ação no centro de Varginha.  


video







quarta-feira, 3 de maio de 2017

PLANO MUNICIPAL DECENAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO - PRAZO PARA CONSULTA PÚBLICA E ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES SE ENCERRA EM 10 DE MAIO.

Leia, conheça, questione, contribua! O prazo da Consulta Pública do Plano Municipal Decenal de Atendimento Socioeducativo se encerra em 10 de maio. Envie suas considerações até essa data para o e-mail planodecenalmse@varginha.mg.gov.br

Acesse o arquivo com o documento na íntegra:


quinta-feira, 20 de abril de 2017

CREAS DISPONIBILIZA TEXTO DO PLANO MUNICIPAL DECENAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO PARA CONSULTA PÚBLICA

A publicação do Plano Decenal Municipal de Atendimento Socioeducativo atende a uma exigência da Lei nº. 12.594/2012, que instituiu o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE). Para atender às prerrogativas legais, o município de Varginha/MG, através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) começou a organizar em Junho de 2016 os trabalhos para fortalecer e direcionar a política de atendimento socioeducativo em nosso município. Para tanto, a equipe de execução das Medidas Socioeducativas de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC) e Liberdade Assistida (LA) iniciou a articulação com os diversos setores da Prefeitura, formando a Comissão Intersetorial de elaboração do referido Plano, que fora nomeada pela Portaria nº. 001/2016 do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDEDICA).
Isto posto, apresentamos a toda comunidade varginhense o produto final de um árduo e desafiador trabalho. Todavia, a participação da população como coautora deste documento é fundamental, deste modo, pedimos que façam uma leitura atenta do documento e encaminhem suas sugestões, até o dia 10/05/2017, para o e-mail: planodecenalmse@varginha.mg.gov.br.

Clique aqui para acessar o texto do Plano na íntegra:

quinta-feira, 6 de abril de 2017

CONVITE: APRESENTAÇÃO DO PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO EM AUDIÊNCIA PÚBLICA.



A Prefeitura de Varginha, através da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD), convida toda população para participar de Audiência Pública na Câmara Municipal de Varginha, que acontecerá no dia 20/04/2017, às 19:00 horas, para apresentação e discussão do Plano Decenal Municipal de Atendimento Socioeducativo deste município.

Após a referida audiência, o Plano permanecerá disponível por 20 dias para consulta pública, apreciações e considerações da população Varginhense. Ressaltamos que as considerações pertinentes ao plano deverão ser encaminhadas para o e-mail:planodecenalmse@varginha.mg.gov.br

Ocorrerá a finalização do documento com as contribuições advindas da consulta pública e posteriormente o mesmo passará por submissão e aprovação do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDEDICA).

terça-feira, 28 de março de 2017

CREAS REALIZA ATIVIDADE COM IDOSOS DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO (CCI)



Na tarde da última quinta-feira, dia 23/03/17, a Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD), através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), realizou em parceria com o Centro de Convivência do Idoso (CCI), atividade com os idosos que participam de grupos de convivência nas unidades do Corcetti e do PROPAC II, na Vila Barcelona.
A atividade aconteceu a partir do convite da Coordenadora do CCI, Priscila Prado Petrim, e foi conduzida pela Assistente Social Poliana Cruz Pereira Fonseca, que é a técnica de referência do PAEFI Idoso no CREAS, com o apoio do orientador social Adriano de Castro Sarto. Após a recepção dos 53 participantes foi realizada uma dinâmica com balões, com o objetivo de demonstrar a importância de se construir laços de amizade, de poder ajudar e contar com a ajuda uns dos outros e também de saber reconhecer o momento de pedir e aceitar ajuda. Em seguida, foi exibido um filme, que retrata as vivências de uma senhora de 85 anos que precisa aprender a lidar com as dificuldades impostas pela idade e pelas intromissões dos filhos, que discutem entre si para saber quem deve assumir os cuidados com a mãe. Após a exibição foi aberto um espaço para que os idosos pudessem falar de suas impressões sobre o filme e de situações em que puderam se identificar ou reconhecer alguém com quem convivem. A participação dos idosos foi enriquecedora e eles demonstraram bastante interesse em discutir o tema.

A organização avaliou de forma muito positiva a parceria entre o CCI e o CREAS, que trabalha no intuito de cessar, prevenir e evitar situações de violência e violações de direitos. Acredita-se que essa parceria tenha possibilitado trabalhar questões que fazem parte do cotidiano familiar e social dos idosos e que a partir dessa mobilização as equipes do CCI, através dos orientadores sociais Ródinei Vicente Firmino e Jeanne Medina M. Martins, que também estavam presentes, possam dar continuidade no trabalho já realizado abordando as temáticas apresentadas no filme e abrindo espaço para discussões que venham a promover o fortalecimento e a afirmação da identidade dos idosos.


CREAS REALIZA PALESTRA PARA USUÁRIOS E PROFISSIONAIS DA UNIDADE DE SAÚDE DO BAIRRO SION

No dia 22 de março de 2017, a Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD), através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), promoveu uma palestra para usuários e profissionais da Unidade de Saúde da Família, Dr. José Eugênio do Prado, localizada no bairro Sion que foi proferida pelo psicólogo do CREAS Geovane Freire de Melo, que é o técnico responsável pela Política da Mulher no serviço.
A palestra, já apresentada no mês de fevereiro aos usuários dos 5 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) do Município, aborda a temática do “Ciúme na relação de casal” e por ser esse um tema recorrente em discussões entre casais, tem despertado a atenção dos participantes e se mostrando uma forma eficiente de se trabalhar a prevenção da violência doméstica.
Agendada para às 14hs a palestra foi apresentada no hall de atendimento da unidade de saúde, para pessoas convidadas pela equipe ao longo da semana, pelos agentes comunitários de saúde que visitam os domicílios da região e, também, para as que aguardavam atendimento na unidade, totalizando 36 (trinta e seis) participantes. O palestrante trabalhou a temática com linguagem de fácil compreensão por todos, utilizou exemplos do quotidiano e até mesmo cantou para os presentes, ao citar uma música cuja letra fala da forma como os sentimentos eclodem e se impõem à nossa vontade.

Ao final, os participantes receberam panfletos que divulgam as ações do CREAS e orientam sobre a prevenção da violência doméstica. O CREAS se coloca à disposição para levar a palestra à outros serviços e os interessados podem entrar em contato pelo telefone (35)3690-2084 e (35)3690-2088. O endereço do CREAS é Rua Irmão Mário Esdras, 306 Vila Pinto, Varginha. Próximo à Praça do Rodelão, em frente ao Ministério Público.